N Sra Esperança 001

Nossa Senhora da Boa Esperança dos Navegantes, é uma antiga devoção desta região aqui do subúrbio de Coutos. Era uma antiga capela aqui em frente que com o tempo a maré destruiu. Era marcada pelo sincretismo religioso (inserção do catolicismo com o culto afro - brasileiro) ,e o responsável por esta capela era um senhor conhecido como Sr. Dondon, que esteve presente na entronização desta imagem. Nós ainda o conhecemos, ele foi o zelador, pois havia uma procissão todos os anos em que os pescadores acompanhavam a imagem até a Ribeira e retornava a Coutos.

Devido ao sincretismo religioso esta imagem não era bem vista pela igreja. Quando a capela foi destruída esta imagem passou para a casa do Sr José e D Vanda, que viviam num casarão próximo à estação ferroviária de Coutos, e lá ficou aproximadamente 20 anos, durante uma missão nos anos de 1982 - 1983 o Pe. Xavier Mixele, S.J.,visitando a família recebeu esta comunicação que ela gostaria de entregar esta imagem, já que ela não pertencia à família, então entrou em contato com o cardeal D Avelar Brandão Vilela. Nesta ocasião o Mosteiro do Salvador (monjas beneditinas) construíu a Igreja e não havia uma imagem de Nossa Senhora ainda, então D Avelar determinou que esta imagem fosse trazida para o Mosteiro do Salvador, o que aconteceu no dia 08 de setembro de 1983, foi conduzida pela família, pela população local numa procissão com fogos, anjinhos e grande emoção.

 A família trouxe o andor e a comunidade religiosa a aguardava nas escadarias da Igreja. A comunidade das monjas então a introduziram na Igreja, estava presente nesta ocasião o Pe. Waldir, S.J., que era na época o novo vigário, (Pe. Waldir mais tarde faleceu numa missão em Moçanbique)  naquele momento caiu uma pequena garoa e o povo interpretou isto como uma bênção de N Senhora que ela tinha gostado de entrar nesta nova casa. Esta imagem harmonizou-se muito bem com o lema do Mosteiro que é Esperamos o Salvador, é uma grande alegria para nós, a chegada desta imagem que permanece aqui até hoje.