Oração para o Advento

Jesus Cristo, esperamos a consolação para todos os seres humanos. Hoje renovas em nós o espanto perante a tua vinda.

TaizéE podemos reconhecer que em ti Deus se dá a nós.

Taizé: no Outono, os encontros continuam

  • Durante as férias de Outono, mais de cinco mil jovens franceses passaram por Taizé em três vagas sucessivas. Entre outros, eles encontraram-se com jovens alemães, belgas, holandeses, dinamarqueses e espanhóis, que estavam em peregrinação na colina, e também com jovens refugiados acolhidos pela Comunidade há um ano e com uma família iraquiana. O Ahmed, um jovem sudanês de 23 anos, e o Nemat, um afegão de 25 anos, preparam textos para partilhar as suas experiências.
    • Vários grandes grupos de diferentes regiões de Espanha, incluindo muitos jovens da Catalunha, vieram recentemente em peregrinação a Taizé.
    • Uma visita marcante do ponto de vista ecuménico foi a do «grupo de Santo Irineu», que reúne teólogos ortodoxos e católicos de vários países do mundo. Nesta ocasião, o Arcebispo Job Getcha celebrou duas vezes a Divina Liturgia na igreja romana da aldeia.
    • No início de Novembro, abriu na Olinda, em Ameugny, um centro de acolhimento e orientação para menores, com dezasseis adolescentes, de 13 a 17 anos, originários principalmente do Sudão, mas também da Síria e da Eritreia. No quadro do programa de encerramento do campo de Calais, estes jovens foram recebidos por uma equipa de voluntários de Taizé e por toda uma rede solidária da região.
    • Como vai sendo tradição, em Taizé decorou-se o espaço entre a igreja e a estrada com o presépio.

    Alepo: o sino da paz toca em Taizé pela Síria

    Na Finlândia, o Conselho das Igrejas anunciou uma iniciativa pela paz na Síria, que foi depois retomada na Suécia e em vários países: tocar os sinos das igrejas pelos habitantes de Alepo que têm sido bombardeados. Fazemos o mesmo em Taizé, todos os domingos às 18h30, e depois os irmãos e aqueles que o desejam reúnem-se na igreja da Reconciliação para meia hora de oração em silêncio pela paz.

  • Riga: as inscrições ainda estão abertas

    Em toda a Europa, há jovens cristãos que se estão a preparar para viver um final de ano à beira do mar Báltico, ao ritmo das orações com cânticos de Taizé, de partilhas em pequenos grupos e de ateliês temáticos. As inscrições para participar neste 39° Encontro Europeu de Jovens ainda estão abertas.

    Foram publicadas duas páginas sobre a história da Letónia. Um dos irmãos escreve: «Quando era mais novo, um dos meus amigos na escola chamava-se Ēriks. Não era um nome típico de Yorkshire. A família dele era letã. Os seus pais tinham saído da Letónia em 1940 e havia uma grande comunidade letã na nossa cidade. Todos os fins-de-semana, ele ia à escola letã para aprender a língua e as tradições do seu país. Então, desde a minha infância, a Letónia esteve sempre presente através do Ēriks, numa altura em que muitas pessoas no Ocidente não tinham conhecimento da existência deste país, que tinha sido absorvido para a União Soviética…»

  • Bielorrússia: visitas de preparação para o próximo Encontro Europeu

    Este Outono, um dos irmãos passou uma semana na Bielorrússia, para visitar comunidades cristãs e encontrar jovens que se preparam a participar no fim do ano no Encontro de Riga. Depois da visita no ano passado, entre as peregrinações à Rússia e à Ucrânia, «foi importante visitar de novo os ortodoxos e os católicos de Minsk».

    Timor Leste: orações e encontros com um irmão em Outubro

    Em Outubro, um dos irmãos esteve em Timor Leste. Ele escreve: «Para ir de Díli a Baucau, a segunda cidade de Timor, viaja-se ao longo da costa durante mais de 100 quilómetros, com uma paisagem maravilhosa. Tivemos uma oração em Baucau que se prolongou pela noite dentro, pois havia muitas pessoas e todos queriam rezar um momento à volta da cruz.»

  • França: uma fraternidade provisória nos arredores de Lyon

    Dois irmãos de Taizé e dois jovens voluntários vivem em pequena fraternidade provisória em Givors, do início de Novembro até meados de Dezembro. A ideia é passar algumas semanas num bairro periférico da aglomeração de Lyon para viver aí um tempo de partilha, de orações regulares, de encontros, de visitas e de apoio pastoral.

    Agenda

    • Polónia. De 13 de Novembro a 4 de Dezembro, duas equipas de voluntários estão a visitar grupos em diferentes regiões da Polónia, para ajudar a preparar o encontro de Riga.
    • Lituânia. Com vista à preparação do Encontro de Riga, duas equipas de dois jovens voluntários estão a viajar pelo país.
    • Líbano. Dois irmãos da Comunidade estão a fazer visitas no Líbano para encontrar responsáveis e jovens de diferentes Igrejas. Vão animar uma vigília de oração, com a presença do Cardeal Bechara Raï, na sexta-feira 2 de Dezembro, às 20h30, no auditório do Patriarcado em Bkerke.
      • Croácia. No dia 3 de Dezembro às 19h será organizada na Catedral de Zagreb uma oração com cânticos de Taizé.
      • França. No sábado 10 de Dezembro terá lugar em Lyon, das 16h às 19h, um tempo de encontro e de oraçãocom o Cardeal Barbarin e o irmão Alois, na Catedral Saint Jean, Vieux Lyon.